McDia Feliz 2018: Luta contra o câncer infanto-juvenil

20 ago | 2 minutos de leitura

Evento acontece sábado (25) com programação especial em Juiz de Fora

Neste sábado, dia 25 de agosto, o Mc Donald’s realiza em todo o Brasil mais uma edição do Mc Dia Feliz. O evento tem como objetivo reverter toda a venda do sanduíche Big Mac para instituições que se dedicam a cuidar de crianças e adolescentes carentes com câncer.

 

Edição 2018 com várias novidades

Neste ano, o McDia Feliz amplia seu impacto social e beneficia duas causas de grande importância no Brasil: saúde e educação. Sendo assim, a maior campanha do país em combate ao câncer infanto-juvenil, que hoje é a principal causa de morte entre as crianças e adolescentes, chega a sua 30ª edição.

Outra novidade em 2018 é que, além das instituições apoiadas pelo Instituto Ronald McDonald, a campanha também destinará recursos para o Instituto Ayrton Senna, que a 20 anos trabalham desenvolvendo o potencial das crianças por meio da educação integral. Segundo a organização do McDia Feliz, desde 1988, mais de R$ 260 milhões foram destinadas para instituições de apoio a causa.

 

Programação em Juiz de Fora

A renda integral arrecada em Juiz de Fora vai para a Fundação Ricardo Moysés Jr, que se dedica ao acolhimento e tratamento de crianças com câncer. No município, a Fundação é a única nesse perfil e já está a 24 anos desenvolvendo o trabalho e a 18 anos participando da campanha. Com as doações, a Ricardo Moysés investe em aquisição de cestas básicas, medicamentos não quimioterápicos, suplementos alimentares e/ou próteses. Para celebrar a data, diversas atrações se apresentam na cidade, levando diversão, entretenimento e muita solidariedade ao próximo.

 

Confira a agenda de shows:

 

Mobilidade pelo Brasil

As instituições beneficiadas pelo McDia Feliz são peças chaves em todo o processo de realização das edições anuais. Além de fazer a venda de tíquetes antecipados, as instituições se articulam localmente para garantir a mobilização de parceiros, voluntários, empresas apoiadoras, imprensa, funcionários McDonald’s, entre outros públicos fundamentas para o atingimento de melhores resultados do evento.

Vale lembrar que as cidades onde tenham Mc Donald’s, mas não dispõem de instituições de combate ao câncer, as vendas vão integralmente para o Instituto Ronald McDonald. As fundações que tenham interesse em participar da campanha devem enviar um projeto detalhando de gastos para o Mc Donald’s, que fica responsável em avaliar a credibilidade da empresa.

 

[vejatambem]