72% dos brasileiros que tentam parar de fumar não conseguem

26 jun | 1 minuto de leitura

Estudo reforça a importância de novas opções no tratamento

Antigamente fumar era moda e considerado moderno entre os mais jovens da época. Hoje, já sabemos que essa ideia está completamente errada e os diversos danos à saúde humana estão aí para comprovar essa realidade. Foi buscando ajudar esse público fumante que a Organização Mundial da Saúde divulgou dados alarmantes sobre esse vício.

Segundo a pesquisa, nove entre dez fumantes no Brasil estão cientes de que fumar causa prejuízos à saúde. Nesse mesmo estudo 72% não tiveram sucesso nas tentativas de encerrar o vício. Além disso, 69% disseram que planejam parar e 57% dos que tentaram tivera ajuda. Todo esse estudo foi realizado pela Foundation for a Smoke-Free World (Fundação para um Mundo Livre de Fumo).

Os resultados da pesquisa reforçam a importância de ajudar os fumantes na criação de novas opções para lagar o vício e seguir uma vida saudável. E muitas dessas abordagens já estão sendo criadas, como ouvir os pacientes e entender os desafios na luta contra o tabaco.

Vale reforçar que o cigarro mata mais de 7 milhões de pessoas todos os anos. Cerca de 80% dos 1 bilhão de fumantes no mundo vivem em países de baixa e media renda.

Os desafios agora, segundo a Fundação, é criar um tratamento único que ajude todos os fumantes ao redor do mundo a parar de fumar e deixar de sacrificar o próprio bem estar físico e econômico.

 

Leia mais:

Facebook lança ferramenta para incentivar doação de sangue

5 bons locais para caminhar ou correr em Juiz de Fora

5 dicas para acabar com a insônia e ter uma boa noite de sono