Conheça 10 destinos incríveis de bate e volta saindo de Juiz de Fora

31 ago | 6 minutos de leitura

Região oferece opções com belas paisagens e rica gastronomia

Trabalho, casa, família e amigos acabam ocupando boa parte do nosso tempo. A verdade é que a correria do dia a dia toma conta de nossas vidas e na hora do merecido descanso bate aquela preguiça de fazer alguma programação mais elaborada.

Foi justamente pensando nisso que a redação de Ombrelo selecionou algumas viagens tranquilas e fáceis para você aproveitar melhor a vida, sem se preocupar com longas viagens e altos gastos. Confira 10 opções de bate e volta, bem naquele estilo mochilão, saindo a partir de Juiz de Fora.

 

1. Santos Dumont

Do ladinho de Juiz de Fora, Santos Dumont abriga a Fazenda Cabangu, onde nasceu o pai da aviação. Hoje o museu abriga acervos raros, com várias fotografias, cartas e objetos pessoais de Santos Dumont. A cidade ainda conta com o Museu Ferroviário, no qual vagões foram transformados em um restaurante que reforça a culinária mineira.

Foto: (Reprodução / Guia do Turismo Brasil / Fazenda Cabangu)

 

2. São José das Três Ilhas

O pacato distrito de Belmiro Braga representa bem a cultura mineira com sua tranquilidade e simplicidade. São José das Três Ilhas serviu de cenário para o filme Menino Maluquinho 2. Além disso, o vilarejo abriga a Matriz de pedra, construída no século 19. Os casarões de época também são atrativos para o turismo na região;

Foto: (Reprodução / Viajei Bonito)

 

3. Rio Preto

A cidade surpreende turistas de todo o país por suas belezas naturais. Um dos pontos principais é a Igreja Nossa Senhora dos Passos, que pode ser vista de longe. A cidade abrange a Serra do Funil, ótima pedida para quem gosta de turismo ecológico com muitas trilhas, cachoeiras em meio à mata. A dica é visitar também a Gruta do Funil, onde foi construída uma capela.

Foto: (Divulgação / Gruta do Funil)

 

4. São João del-Rei + Tiradentes + Bichinho

O circuito com as três cidades é para quem busca tranquilidade e a verdadeira cultura mineira. Comece conhecendo as igrejas e casarões antigos de São João del-Rei. De lá, pegue a Maria Fumaça e volte no tempo passando por incríveis paisagens ao som do trem e do apito tradicional. A viagem de 30 minutos tem como destino a cidade de Tiradentes, além de contar parte da história do Brasil, ainda recebe grandes eventos, como o Festival de Cinema e o Festival de Cultura e Gastronomia. Dando sequência ao trajeto, passe pelo distrito de Bichinho. O principal ponto turístico é a Casa Torta, que apresenta uma complexa e criativa arquitetura.

Foto: (Elton Moreira / São João del-Rei)
Foto: (Elton Moreira / Maria Fumaça – Tiradentes)
Foto: (Elton Moreira / Casa Torta – Bichinho)

5. Carrancas

São dezenas de atrações naturais, entre cachoeiras, poços, grutas e escorregadores naturais. Mesmo nas datas mais festivas, é possível encontrar lugares incríveis ainda não descobertos por muitos. A cada ano a cidade atrai mais pessoas que vêm em busca de aventura, atividades ligadas à natureza, observação da fauna e da flora e da vida nas fazendas do interior. A quantidade de nascentes, quedas d’água e atrações refrescantes dão a Carrancas o título de “A Terra das Cachoeiras”.

Foto: (Divulgação / TripAdvisor)

 

6. Lima Duarte + Parque Estadual do Ibitipoca

Lima Duarte é aquele destino indicado para quem quer contato com a natureza e para quem gosta de história. Faça um passeio pela Estação Ferroviária e depois pegue a estrada até chegar ao Parque Estadual do Ibitipoca. Localizado em Lima Duarte, o espaço tem ganhado cada vez mais visibilidade como opção de turismo ecológico na Zona da Mata mineira. Conhecida pela tranquilidade e pelas belas cachoeiras, o parque é a escolha certa para você que busca se conectar com a natureza e aproveitar o frio da serra. São mais de 1.400 hectares de área protegida na Serra da Mantiqueira.

Foto: (Elton Moreira / Parque Estadual do Ibitipoca)

 

7. Ouro Preto + Mariana

Ouro Preto é uma cidade incrível! Junto com Mariana você poderá conhecer boa parte da história de Minas Gerais. As duas cidades são cheias de história, tradições, além das igrejas e monumentos artísticos. Em Ouro Preto não deixe de passar pelo Museu da Inconfidência Mineira, Praça Tiradentes, as principais igrejas e as feirinhas. Dando sequência ao passeio, à caminho de Mariana, visite a Mina da Passagem – maior mina de ouro aberta para visitantes em todo o mundo. Depois siga viagem e conheça as igrejas gêmeas de Mariana.

Foto: (Reprodução / Blog RDC Férias / Ouro Preto)
Foto: (Reprodução / Flickr / igrejas gêmeas de Mariana)

 

8. Instituto Inhotim – Brumadinho

O Instituto Inhotim fica localizado em Brumadinho, a 60 km de Belo Horizonte (MG). O complexo abriga mais de 500 obras de arte contemporânea, expostas a céu aberto e em galerias, sendo muitas delas apresentadas em condições muito diferentes dos museus convencionais. Além do acervo artístico, o Inhotim também mantém um jardim botânico com milhares de espécies vegetais raras, cinco lagos, reservas de mata preservada e paisagismo influenciado por Burle Marx. O local serviu como cenário para a 2ª temporada da série, original Netflix, “3%”.

Foto: (Elton Moreira / Instituto Inhotim)

 

9. Petrópolis + Itaipava

Petrópolis fica localizada no interior do Rio de Janeiro e é outro destino tranquilo para se fazer bate e volta. Na cidade imperial você pode conhecer a Catedral de Petrópolis, Palácio Quitandinha, Palácio de Cristal e o Museu Imperial. Outro destino bem pertinho é Itaipava, um dos mais cobiçados das regiões serranas do Brasil com o ar puro de montanha. O centro gastronômico, também é outro atrativo importante.

Foto: (Elton Moreira / Petrópolis)
Foto: (Reprodução / Guia do Turismo Brasil)

 

10. Rio de Janeiro + Niterói

Cartão postal do Brasil, o que não falta no Rio de Janeiro são atrações turísticas. Por lá, você pode conhecer a região portuária, bem pertinho da rodoviária. Pegue um VLT e conheça o Museu do Amanhã, Praça Mauá, Centro Histórico do Rio, a Candelária e também a Cinelândia. Se você tiver disposição, dá para fazer todo o trajeto a pé mesmo. Outros pontos importantes para visitação são: Cristo Redentor; Pão de Açúcar; Praia de Copacabana e o belíssimo Jardim Botânico. Claro, que se for uma viagem de bate e volta, não vai dar para conhecer tudo, mas vale a pena escolher um ou dois pontos turísticos e depois pegar a balsa para Niterói, cidade ao lado do Rio de Janeiro. No município, você pode aproveitar as praias e também visitar o Museu de Arte Contemporânea, projetado por Oscar Niemeyer.

Foto: (Elton Moreira / Rio de Janeiro / Praça Mauá)
Foto: (Divulgação)

Boa viagem e aproveite o passeio!

 

[vejatambem]